PEDRO & RAIMUNDO

PEDRO FLOR DA SILVA E RAIMUNDO RIBEIRO GOMES – SERINGUEIROS

Eles são considerados os maiores seringueiros do Acre. A competição saudável entre Pedro da Silva, 42 anos, e Raimundo Gomes, 52 anos, os incentiva a trabalhar cada vez mais e assim aumentar suas produções de borracha. “Fazemos muita brincadeira para saber quem será o campeão do ano”, explica Raimundo, que chega a produzir cerca de 100 kg por mês.

Outro incentivo para a prática da atividade foi a implementação de um projeto que produz materiais que possuem maior valor agregado e podem ser vendidos a preços mais caros. Em parceria com a Universidade de Brasília (UnB), o governo do Acre e o WWF-Brasil, cerca de 50 seringueiros têm sido treinados e equipados desde 2009 para a produção da borracha FDL (Folha Líquida Defumada) e FSA (Folha Semi Artefato), que custam no mercado R$ 11,50 e R$ 18,00 respectivamente. A tecnologia empregada anteriormente para a coleta da borracha, o CVP (Cernambi Virgem Prensado), tinha muitas impurezas e um custo baixo de apenas R$ 5,20.